Cultural

Padrão da Batalha do Vimeiro

 

“O Monumento evocativo da Batalha do Vimeiro é constituído por uma pirâmide em pedra de lioz, com quatro metros e meio altura, tendo como remate uma granada schrapnell, em recordação não só dos valorosos serviços prestados pela artilharia inglesa naquela batalha, mas também de que pela primeira vez os ingleses ali empregaram aquela espécie de projéctil, invenção de um notável oficial daquela nacionalidade.
A pirâmide assente num soco de granito, que tem dois metros de altura,estando nele colocado uma lápide de mármore com os seguintes dizeres: “A expedição britânica sob o comando do General Wellesley, tendo desembarcado em Lavos e reunido a si tropas portuguesas, marchou sobre Lisboa, batendo as avançadas inimigas na Roliça e sendo atacado pelo Exército do Comando de Junot nestes sítios do Vimeiro, alcançando sobre ele uma gloriosa vitória”
No Monumento existem como ornatos as datas, as armas nacionais e, em grande relevo, uma cabeça de leão que simboliza a força e a coragem.” in ” Vamos falar da Lourinhã” de Rui Marques Cipriano.

Inaugurado pelo Rei D. Manuel II no quadro das comemorações do primeiro centenário da vitória sobre Napoleão. O monumento encontrava-se protegido por uma grade de ferro de forma quadrangular que foi retirada no 2º centenário da batalha.
Foi construído em memória da batalha que, cem anos antes, opôs as tropas napoleónicas de Junot à resistência luso-inglesa, encabeçada militarmente pelo general Wellesley e que teve lugar precisamente na localidade de Vimeiro, a 21 de agosto de 1808. O recontro integrou-se na primeira invasão francesa e teve como resultado uma pesada derrota para as tropas invasoras.

 

 

 

Locais de Interesse

PR3 Passeio Pedestre “Pelos Caminhos da Batalha do Vimeiro”

Quinta da Fonte de Cima (Restaurante “O Pão Saloio” – Toledo)

Museu do Vinho (Restaurante “O Pão Saloio” – Toledo)

Moinho das Misérias (Vista panorâmica da Freguesia do Vimeiro)

 

Deixe uma resposta